Sem querer me intrometer | Mariana Baptista

Resenha: O Beijo das Sombras | Richelle Mead



Título: O Beijo das Sombras
Primeiro livro da série Vampire Academy
Original: Vampire Academy
Autora: Richelle Mead
Editora: Nova Fronteira
Páginas: 319
Avaliação:  (4/5)




A Escola São Vladimir não é uma escola como outra qualquer. É um esconderijo onde vampiros aprendem a controlar seus poderes e dampiros são treinados para protegê-los. Rose Hathaway é uma dampira, guarda-costas de sua melhor amiga Lissa, uma princesa vampira Moroi. Há dois anos elas estão fugindo, mas agora foram capturadas e estão sendo levadas à força para São Vladimir — justamente o lugar onde elas mais estão em perigo. Juntas, Rose e Lissa vão ter que lidar com inveja, ciúme e novas paixões, e lutarão para, acima de tudo, proteger uma à outra.

     O Beijo das Sombras se inicia com Rose Hathaway, uma dampira e VasilisaLissaDragomir, uma Princesa Moroi. As duas são melhores amigas desde que eram pequenas e ambas possuem um laço psíquico, ou seja, Rose sente o que Lissa sente, consegue ver o que Lissa vê e até consegue entrar na mente de Lissa.
     Com a morte de toda a sua família em um acidente de carro, Lissa se torna a última de sua linhagem, extremamente rara e importante aos Moroi. E sua posição e seu sobrenome trazem o estigma de ter que carregar o título de Princesa, além de toda a responsabilidade e popularidade que vem junto dele. Até o dia em que Rose acha que a Escola São Vladimir não é mais um lugar seguro para que Lissa continue vivendo, por isso ela arquiteta um plano e as duas fogem. Durante dois anos se escondendo e fugindo, as duas são encontradas por Dimitri Belikov, um guardião de São Vladimir, e acabam tendo que voltar para a Escola.

Você foi beijada pelas sombras! Você tem que tomar contar dela. Pág. 191

     De volta a São Vladimir, Rose e Lissa terão de recuperar o tempo perdido nos estudos, na vida social e no amor.  Rose acaba praticamente excluída de todas as atividades sociais, com exceção dos treinamentos extras que terá com Dimitri, mas os dois terão muito mais do que a relação de treinador e aprendiz. E Lissa deveria  se preocupar em encontrar o seu elemento e ficar longe de certos membros da realeza, mesmo que ela faça parte de uma das doze famílias mais importantes e precise de contatos no futuro. E será que ela achará o amor nos braços do estranho Moroi Christian?  Apesar de estarem tentando evitar problemas, alguma coisa ou alguém está atrás de Lissa. Como futura guardiã de Lissa, Rose anda tentando descobrir o mistério e quem anda atormentando a Princesa Moroi.

     Eu realmente gostei de O Beijo das Sombras e curti a criação de Richelle de sub-gêneros de vampiros. No livro há: Moroi, Strigoi e Dampiros. Os Moroi são vampiros do bem, mortais e nascem Moroi.  Strigoi são os vampiros do mal e imortais e se transformam em Strigoi. Dampiros são meio humanos e estão sempre protegendo seu Moroi, são fortes e vivem para proteger o seu vampiro.

     Rose é ótima, corajosa, destemida, forte e até o atrevimento dela é incrível.O livro é narrado por ela. Lissa é um doce, mas às vezes isso acaba transformando-a em uma pessoa bem sem graça, tirando os momentos em que ela usa a compulsão e manipula seus colegas da escola. Essa Lissa é demais, parece que o uso da compulsão dá mais confiança a ela.
     Os rapazes do livro são mais do que apaixonantes. Nem preciso falar sobre o Dimitri Belikov, um dos melhores guardiões da São Vladimir e com um passado sofrido, nem preciso dizer que além de Rose, todas nós leitoras acabamos nos apaixonando por ele. Mas como eu sou do contra torço pelo Mason, achei ele fofo demais e sempre fico com pena do menino que fica na friendzone (além disso ele é RUIVO). E Christian Ozera, minha gente? Ele e Lissa, escuridão e luz, bem e mal, chuva e sol (eu poderia citar diversos antônimos para definir esse relacionamento o dia inteiro). Além disso, ele é moreno do olho azul, meio bad-boy e com o passado sofrido. Como não se apaixonar?

     Em relação à parte física do livro: As páginas são amareladas e eu gostei dessa capa meio sombria e dessa garota atrás dos portões de São Vladimir (garota que eu presumo ser a Lissa). E posso dizer que esse livro é resistente, já que eu o carreguei em uma mochila mais ou menos por uma semana e por isso ele merece meu selo de aprovação.

     Confesso a vocês que eu tive certo preconceito literário (eu estava errada, eu sei) em relação a livros que envolvessem vampiros, tirando alguns clássicos como As Crônicas Vampirescas. Vampire Academy já é uma enorme febre, isso é fato. Mas antes dessa febre se espalhar, muitos blogs e vlogs literários (gringos e brasileiros) já recomendavam a série. Eu desfiz a implicância com os vampiros, segui as indicações e comprei logo a série inteira. E no primeiro livro da coleção de VA, Richelle não decepciona. O Beijo das Sombras é uma narrativa sexy, misteriosa e com bastante ação. Além de muito romance, coração partido, brigas, vinganças e tudo que encontramos em livros YA. Só que com vampiros e elementos sobrenaturais, não é o máximo? Agora o que você está esperando para ler O Beijo das Sombras?



     E para quem estava em Marte (ou só não curte cinema), Vampire Academy ganhou uma adaptação cinematográfica. E só por esse trailer parece ser muito legal (só trocaria a fofa Lucy Fry pela Taylor Swift, a Lissa tem um jeitinho Swift de ser). Se o trailer do filme é o máximo imagina o livro ;)


14 comentários:

  1. Muito legal a resenha e o trailer. Já tentei ler uma série de vampiros mas não consegui, não faz meu gênero rs Mas pode ser que eu veja o filme e queira ler o livro.
    Bjs.
    http://www.doceilusao.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vampiros também não faziam muito meu gênero, mas andei dando uma chance tanto aos livros de VA e também a House of Night e estou gostando. As autoras transformaram aquilo que nós não estávamos gostando com alguns elementos e misturas que simplesmente deram certo. Sim, veja o filme e dê uma chance a VA :)

      Excluir
  2. Seja bem vinda ao time Virginia,
    Gostei da sua resenha, se eu já não tivesse uma lista enorme de livros pra ler, com certeza esse seria um dos proximos (ainda mais porque o filme está proximo, e gostaria de le-lo antes dele)
    Tambem tenho problemas com vampiros (e não somente vampiros) bonzinhos, gosto do terror dos vampiros verdadeiros, e esse lado apaixonante deles me broxam, mas parece ser bem legal essa série. São quantos livros?

    Bjo

    Gabriel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Gabriel :)
      Nem me fale em listas, a minha está tão grande que me dá vontade de chorar hahahaha
      Eu também tenho problemas com vampiros bonzinhos (#sorry #notsorry Crepúsculo), o legal de VA é que os vampiros não são bonzinhos e ele tem um jeitão de livro YA. No total são seis livros e uma "spin-off", que é a série "Bloodlines" (da qual já foram publicados três livros aqui no Brasil, se eu não me engano).

      beijos

      Vivi.

      Excluir
  3. Olá.
    Ainda não li o livro, na verdade ele está aqui na minha estante esperando para ser lido. Já comecei a ler a obra três vezes e sempre acho insuportável, mas vou persistir! Sério.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi.
      Dê a quarta chance a VA, ele merece :)

      Excluir
  4. Oieee, cara eu sou apaixonada por todos os livros dessa autora. Se vocês gostou dos subgeneros de vampiros, leia Succubus da Richelle Mead. São ótimos! Adooooro!

    Beijos, http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii
      Eu gostei muito da escrita de Richelle e não me arrependi de comprar os livros dela. Eu lerei, já vou adicionar na minha lista de desejados do Skoob ;)

      beijos.

      Excluir
  5. eu amo livro de vampiros. to com essa serie pra ler aqui em casa, mas ainda não pude
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho um grave problema com esse livro, flor… >.< Eu o li há mais de um ano e depois li Half-Blood (sem tradução por aqui). Então, CONFUNDO constantemente as duas histórias! A verdade é que Half-Blood surgiu depois de VA, mas devo dizer que a história ótima também, ainda que haja várias semelhanças. O Dimitri é lindo, claro, mas acho que prefiro o Aiden (haha).
    Enfim, preciso reler O Beijo das Sombras para saber o que pertence a uma história e o que pertence à outra. Já não posso dizer se as lembranças que tenho da leitura são de um livro ou outro.
    Gostei da sua resenha! Deixou-me empolgada para a releitura!
    Beijos, flor!

    www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O grande problema de leituras com criaturas mitológicas hahahaha Ainda não li Half-Blood quando puder lerei :)
      Ah obrigada :D Releia sim, VA vale a pena ainda mais com a adaptação cinematográfica surgindo aí ;)
      beijos.

      Excluir
  7. Quero muito ler esse livro...Muito Lecal
    http://charmefemininomei.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe seu link para eu retribuir a visita :)
PS: Comentários ofensivos ou de divulgação serão ignorados.